Os últimos dois artigos foram bem específicos e até que simples — porém longos, eu acho —, pois o tema do nosso blog é algo muito profundo mais que a Mariana’s web ou a garganta da Sasha Grey.

É o seguinte parsa, vô dá o papo pra tú, tá ligado?!

Minha ideia inicial era ensinar os conceitos primordiais para quem quer ser um hacker, mas ensinar do jeito certo. Sem ficar postando turorial bosta no YouTube, com um microfone zoado e uma qualidade horrível — leia-se 144p — pra nego fazer merda e depois ir preso atoa. — O Marco Cívil da Internet está aí para penetrar o seu bumbum guloso com uma voracidade selvagem, acredite amigo.

Voltando ao assunto, a idéia é ensinar desde a lógica de programação, até os padrões de projetos — que usamos muito para programar — e arquiteturas de sistemas. Estes por sua vez, são assuntos muito chatos, tirando a programação e o desenvolvimento de exploits em geral — Essa parte é legal pra caceta dedél—.

Por quê?

Na minha adolescência, quando iniciei na programação, já havia muito conteúdo na WEB, para quem estava inciando, mas eles eram específicos e sempre rolava aquela dúvida se era a melhor opção ir por alí, se eu não ia precisar aprender algo antes daquilo e tudo mais que vocẽs já devem ter se perguntado — Eu sei que você quer chegar já hackeando o Wi-Fi do vizinho, telefone dos amigos, essas coisas, eu era assim —, quando comecei a pesquisar sobre Linux, achei vários blogs fodásticos, como:

Entre outros, estes são os que eu mais encontrei locais para tirar minhas dúvidas sobre assuntos específicos, tipo instalar temas, configurar interface, resolver alguns bugs e tal, enfim… A idéia é evitar que outras pessoas passem por caminhos tão longos ou acabem indo em busca do avançado, sem saber a base. A base é fundamental, porque com ela você pode evoluir e sem uma base sólida de conhecimento, você só vai aprender o que as pessoas te falam (se estiver certo, é claro).

Após aprender a base, você, leitor do nosso blog. Além de interagir nas postagens, poderá interagir com outros usuários num futuro próximo, além disso, vamos programar, isso mesmo que você leu! VAMOS, irei criar alguns exploits e scripts para testarmos as nossas aplicações e vou contar com toda a ajuda de vocês, que estão iniciando e aprenderão com o nosso blog.

Outro fato importante

Pra você que está aí, quase desanimando. Volta aqui.

Após publicar os primeiros artigos, vamos selecionar membros do nosso grupo no Facebook, para montar equipes e essas equipes deverão usar o conhecimento que adquiriram para se proteger e atacar um servidor que é de propriedade da outra equipe. Em breve eu falo um pouco mais.

Até breve.