Bom, não é de agora que sempre surge aquela briguinha chata sobre o que de fato significa a palavra Hacker.                   Também tem aquela discussão clássica de Hacker x Cracker, cujo não irei entrar em detalhes.
O fato é que, sobre o significado da palavra Hacker, existem no mínimo dezenas de explicações diferentes para o que significa Hacker e não é o objetivo desse post, ficar discutindo a veracidade de cada uma. Porém, se tem uma coisa que todas elas tem em comum, é o fato de que o tal Hacker é alguém com conhecimentos sólidos naquilo que ele faz, ele domina a sua ferramenta e a conduz com perfeição (ou quase).

Trazendo um pouco disso para a nossa realidade – e atualidade – nós podemos tratar esse conceito da seguinte forma: Hacker é aquele carinha que domina o computador, que tira dele funções que muitos pensaram que não existiam, mas não somente do computador em si, ele também o faz com as ferramentas e programas, que muitas vezes tem a intenção de burlar (ou testar) algum sistema de segurança, em sua maioria, com fins de aprimorar o seu conhecimento – ou não – e dominar ainda mais aquela ferramenta.

De fato este é um assunto bem amplo e que cabe uma boa discussão nestes termos. Mas o meu objetivo aqui, é te mostrar como você pode levar o estilo de vida Hacker a diante.
Com a mesma ideia do parágrafo anterior, de que Hacker é o sujeito que domina a sua ferramenta, aproveito para incluir o seguinte: Hacker também é aquele que busca, para um mesmo problema, diferentes modos de solucionar o mesmo. Diferentes formas de agir para chegar ao objetivo. “Pensar fora da caixa”. Dessa forma, poderíamos dizer que um empresário bem sucedido se enquadra no estilo de vida Hacker?

Mas é claro que sim, ele conseguiu pensar de forma diferente da maioria, conseguiu solucionar os problemas dele de uma forma que seus concorrentes não conseguiram, e isso o deu a vantagem para crescer. Isso é o que gosto de chamar de: Utilizando a mente Hacker.

Você deve estar se queixando: Ok, isso é legal, mas ainda não entendi como se aplica na minha vida, eu não sou um empresário!

Justamente, você não é (ou é?!), mas nada te impede de também usar a Mente Hacker no seu cotidiano e, consequentemente, usufruir do estilo de vida Hacker. Pense, todos nós temos problemas à nossa volta, sejam pessoais ou sociais. Você já tentou resolvê-los de uma forma que nenhuma outra pessoa tentou antes? Já pensou em como poderia solucionar tais problemas de uma forma que possa te ajudar além de ajudar outra pessoa?
Pois bem, está na hora de começar a olhar o mundo em sua volta e colocar em prática o que tanto tem buscado: Ser um Hacker.

Eu não queria, mas, sinto que preciso fazer essa referência.
Pense no próprio Eliot, ele não resolve seus problemas somente com a teclas do notebook. Ele tem diversos problemas sociais à sua volta e procura formas de resolvê-los sem que morra – sim! Geralmente ele esta sendo ameaçado. Haha – e de uma forma que ninguém ainda tenha pensado.

Então eu digo, que você também pode fazer isso! Você também pode usar a Mente Hacker, basta exercitá-la, garanto que irá notar uma diferença enorme no seu cotidiano. Pois é assim que você também irá levar o seu modo de vida Hacker. Utilize o mundo ao seu redor, como uma arma para conseguir o que você precisa. Você pode Hackear qualquer coisa, você pode Hackear tudo! Hacking vai muito além da tela do seu computador.
Eu sei que não serão todos os leitores que chegarão até aqui, mas os que aqui chegaram, tenho um recado para vocês.

Vocês já são mais Hackers do que pensam, pois não param no meio do caminho, vocês tem a curiosidade no sangue o que os faz ir para frente e pesquisar, estudar ainda mais sobre tudo o que é novo para si. Não desista!

Espero que depois de ler este post, você consiga passar a enxergar o mundo como eu vejo, utilizando a mente Hacker.

Não se contente com pouco, questione o mundo ao seu redor, estude-o, compreenda-o e o Hackeie. Tire dele o que os outros não conseguem. Pense diferente, faça diferente!