Hello World!
Welcome to the F*** Society Blog.

Olá, este é o meu primeiro artigo para este blog. Primeiro de muitos eu espero e conto com você para publicar outros mais.

Vamos direto ao que interessa

Se você está lendo este post, provavelmente está interessado em ser um hacker de sucesso. Isso é bom, mas eu posso ter uma péssima notícia para você. Neste post vou explicar conceitos básicos, na verdade… Esclarecer uns mitos e também apontar um caminho inicial, para quem quer entrar no contexto e de fato, aprender a ser um “hacker” em um futuro próximo, mas da maneira correta, evitando que vocês caiam em confusão, vendo vídeos no YouTube de um cara com voz de criança usando Kali Linux no VirtualBox.

Tenho uma lista de problemas enorme na bagagem, que rendeu até uma surra da minha mãe na frente da rapaziada, por ter infectado os PCs da LAN e usado-os como botnets,  Pois é… Eu apanhei da minha na frente da galera, mas o caso foi bem maior do que uma surra, enfim, conto em outro post algum dia.

 ...E não, eu não sou um hacker, ou talvez seja, quem sabe?!

O que você precisa saber para se tornar um hacker?

Essa pergunta é algo que vocês se fazem a todo o momento. Vamos lá!

A primeira coisa que você deve ter em mente, é que se você quer hackear o WI-FI do vizinho ou o Facebook daquela gostosa que te deu o fora na segunda série, você está no lugar errado, não vale a pena. E segundo, tenha ciência, que a responsabilidade pelos seus atos, é exclusivamente sua e de mais ninguém. Podemos começar.

O BIG BANG

Um hacker é alguém muito estudioso, conhece todos os seus problemas e objetivos como a palma da sua mão, em outras palavras, você precisa entender que precisa estudar muito, desde matemática — uma matéria fundamental na informática — até sistemas operacionais e eu vou lhe explicar o que você precisa saber e porque precisa saber.

A formação dos primeiros átomos

Para quem é iniciante, você precisará entender três coisas iniciais que evoluirão na sua mente em efeito de mitose.

Conceitos básicos para quem está iniciando

  • Algoritmos e Lógica de programação – Você aprenderá a criar algoritmos lógicos, eliminando pensamentos inúteis e demais ideias que não fazem parte dos seus objetivos, começará a pensar e agir de forma mais clara e coesa, raciocinará rápido.
  • Sistemas Operacionais – SOs são parte da base da informática, abaixo apenas da programação — obviamente — e tudo o que você faz ou usufrui na internet, no seu telefone, whatever, é executado ou processado por intermédio de SO, então você precisará entender o funcionamento deles, hoje ele é como uma bicicleta e você só usa com as rodinhas, precisa explorar mais.
  • Redes de computadores – As redes são a comunicação entre os computadores, sem elas não há internet — por exemplo — e você novamente só conhece ela como uma criança que anda de bicicleta segurada pelo pai, é necessário entender os conceitos, coisas como Topologias, Padrões de Redes, Protocolos e muito mais que elas nos oferecem sem que ao menos percebamos.
  • Inglês básico / Instrumental – É uma tecnica de leitura na língua inglesa baseada em palavras-chave, leia mais aqui.

Conceitos para quem já conhece um pouco do assunto e quer saber mais

  • Programação
    • Programação no padrão estruturado – É um modelo de programação usado em linguagens de baixo nível como C, assembly e similares.
    • Programação Orientada a Objetos – Modelo de programação ágil e muito preciso em seus objetivos, possibilita criar aplicações pequenas em tamanho se for comparar com o modelo estruturado, porém muito eficazes e limpas.
    • Programação em Lotes e Shell – O famoso Prompt de Comando / Terminal.
    • Padrões de projetos – são usados para facilitar o desenvolvimento de aplicações e também algoritmos em alguns casos.
  • Segurança da Informação
    • Segurança de redes
    • Segurança de sistemas
    • Segurança de aplicações
    • FATORES HUMANOS – Um adendo à este, pois é o principal motivo de falhas em sistemas, a engenharia social aborda este tópico para agir na quebra de segurança de um sistema.
  • Redes de Computadores
    Digamos que nessa etapa você precisará entender como as redes funcionam, as sub-redes, redes virtuais privadas (VPN), protocolos, camadas de rede e demais assuntos.

à partir daqui, você já terá a famosa base de conhecimento para se tornar um hacker e também posso dizer que deste ponto em diante, você saberá como ser um hacker, o que um hacker precisa para agir, neste checkpoint, você terá a mentalidade de um hacker, pelo menos um hacker iniciante.