Olá.

Anteriormente, você pode entender um pouco mais sobre o que faz um desenvolvedor de sistemas. Agora, como encerramento desta série, abordarei a carreira de um engenheiro de software.

O que um engenheiro de software faz?

O trabalho de um engenheiro consiste no desenvolvimento de softwares, como o nome já sugere. Absolutamente todos os programas de um computador passam por este profissional.

Diferentemente de um cientista da computação, que trabalha com a área teórica, e de um engenheiro de computação, que tem suas atividades voltadas ao hardware, o engenheiro de software pode trabalhar na criação, análise de requisitos, revisão, manutenção e adaptação de programas, garantindo seu desempenho.

Um programador tem como enfoque principal escrever o código e colocar o sistema em funcionamento; um desenvolvedor, além de poder fazer o mesmo, é responsável pelas etapas de realização do projeto; o engenheiro de software, comparado aos anteriores, tem sua função voltada ao gerenciamento de um projeto, sendo responsável pela qualidade final e confiabilidade do software.

O campo de atuação é amplo e está em ascensão. Um engenheiro pode atuar no desenvolvimento de aplicativos, jogos e softwares. O uso crescente de dispositivos móveis também faz com que a demanda por profissionais especializados seja maior.

Em 2014, este foi considerado o cargo mais bem pago pela Google dos Estados Unidos,com um salário anual de US$ 152,9 mil.No país, a média salarial de um engenheiro de software em início de carreira é de R$ 2.368,15* para empresas de pequeno porte. Entretanto, os valores salariais podem variar muito dependendo do porte da empresa e da experiência profissional.

Espero que tenham gostado dessa série, em breve abordaremos mais carreiras em novos artigos.

*Informação retirada do site: http://www.salariobr.com.br