O Biohacking não é algo novo, já existe a um certo tempo, entretanto, na última década esta área tem se desenvolvido de forma incrivelmente rápida e o mais importante de tudo isto é que as possibilidades têm se tornado algo sem precedentes, principalmente quando se fala em “upgrade” para seres humanos.

Quem é Amal Graafstra?

Amal Graafstra é um Biohacker estadunidense que ficou famoso no mundo todo por sua criação, o Biochip RFID NFC, hoje produzido por sua empresa e que é do tamanho de um grão de arroz. Amal é palestrante do TEDx e também gere uma empresa responsável pela produção e distribuição do RFID, a Dangerous Things, considerada por ele mesmo, ainda uma pequena startup que vem crescendo ao longo do tempo.

Além disso, Amal escreve um livro chamado RFID Toys, onde ele conta algumas experiências com a sua criação, além de muitas outras ideias e possibilidades que podem ser alcançadas com este apetrecho.

Polêmica sobre o biochip da Besta

Esse é sem sombra de dúvidas o assunto mais polêmico em relação ao Biochip RFID, a comunidade religiosa tem reagido de forma atônita em relação aos diversos documentários sobre o a criação de Amal, os cristãos protestantes principalmente.

Amal reage sempre com bom humor em relação aos comentários e diz que é perfeitamente possível implantar o RFID na mão esquerda e se livrar do iminente pacto com o Michel Temer demônio, uma vez que a bíblia menciona apenas a mão direita e a testa como locais onde o chip da besta seria implantado nas pessoas.

Darwin ficaria de queixo caído

A teoria da evolução está de frente para um marco na vida dos seres humanos aqui na terra, o Biohacking está aí para mudar muita coisa na forma em como “evoluímos”, recentemente alguns cientistas conseguiram usar o DNA humano para hackear computadores, já no caso de Amal Graaftstra da Dangerous Things as possibilidades são mais modestas, porém muito engenhosas, conheça algumas das utilidades para a criação de Amal e como isso pode ser aplicado à vida cotidiana das pessoas.

Biochip RFID

O Biochip RFI da Dangerous Things é um microchip minúsculo que pode ser implantado na mão de uma pessoa sem muitas complicações e que não gera rejeição por parte do organismo vivo. No caso do RFID as possibilidades são infinitas, é tudo uma questão de criatividade, Amal Graafstra por exemplo é alguém muito criativo, pois usa seus dois biochips RFID implantados um em cada mão para todo tipo de coisa que você imagina, desde as tarefas mais simples, como abrir portas, ligar o carro, fazer logon no computador, até operar uma Arma ativada pelo reconhecimento do Biochip implantado em sua mão, veja o vídeo abaixo.

No caso da Submetralhadora P90 ativada via RFID, seria uma questão muito importante em conceito de segurança pública, imagine que uma arma só possa ser operada pelo seu verdadeiro dono, agora imagine um sistema onde você pode comprar uma arma especificamente para você diretamente de fábrica, isso pode por exemplo, evitar acidentes domésticos, roubo de armas e até mesmo reduzir a taxa de crimes por armas de fogo, enfim, e só uma possibilidade.

Biohacking é o novo passo da Evolução humana

Com o biohacking as possibilidades estão se ampliando muito para o seres humanos, desde tarefas que facilitem a vida cotidiana, como implantes para tratar doenças, substituir ossos, nervos e outras partes comuns do corpo humano, tudo vai depender das pesquisas e da evolução os estudos nesta área para os próximos anos, mas de uma coisa temos certeza, em breve teremos a possibilidade de dar um upgrade no nosso corpo de forma simples e prática.

Amal Graafstra no Brasil

Amal fará uma breve passagem pelo Brasil para palestrar no Roadsec  São Paulo 2017, no dia 11 de Novembro, o evento será realizado no Audio, localizado na Avenida Ermelino Matarazzo, no bairro da Barra Funda em São Paulo, durante o Evento Amal fará pessoalmente o implante de Biochips RFID nos participantes que estiverem interessados em adquirir um Biochip.

Amal Graafstra
Amal Graafstra, criador do Biochip RFID e palestrante no Roadsec SP 17.

Além de Amal o Roadsec São Paulo contará com a participação de grandes nomes da TI, como John Draper ─ Captain Crunch ─ , considerado por muitos o primeiro Hacker da História, Rodrigo Rubira, pesquisador de segurança da Intel e muitos outros nomes importantes do cenário.

Garanta já o seu ingresso para o Roadsec São Paulo 2017, compre neste link: https://bitly.com/2xymLUf